GT Nacional de História Cultural



  

  

  

  

Revista Fenix

Comitê científico
  Maria Izilda S. de Matos  

Possui graduação em História pela Universidade de São Paulo (1978) e doutorado em História pela Universidade de São Paulo (1991), tem pós-doutorado Université Lumiere Lyon 2/França (1997). Bolsista de Produtividade em Pesquisa 1B. Atualmente é professora titular da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, colaboradora da Universidade Estadual do Ceará e professora da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Participou de vários outros projetos de pesquisa, é pesquisadora 1 do CNPq. Em 1994 recebeu o prêmio SESI-CNI de Teses Universitárias, com o trabalho Trama e Poder, em que estuda as indústrias paulistas, entre 1890-1934. Entre suas obras destacam-se: Melodia e Sintonia: o masculino, o feminino e suas relações em Lupicínio Rodrigues (2 ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1999); Dolores Duran: Experiências Boêmias em Copacabana nos anos 50 (2 ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2002); O imaginário em debate(São Paulo: Olho d’água, 1998); A Cidade em debate (São Paulo: Olho d’água, 1999); Por uma história das mulheres (São Paulo: EDUSC, 2000); Meu lar é o botequim (2 ed. São Paulo: Cia. Editora Nacional, 2002); Cotidiano e Cultura: história, cidade e trabalho (São Paulo: EDUSC, 2002); Ancora de Emoções (Bauru: EDUSC, 2005); Gênero e Terceiro Setor (São Paulo: Cultura Academia, 2005); A cidade, a noite e o cronista: São Paulo de Adoniran Barbosa (Bauru: EDUSC, 2008); e Deslocamentos: os portugueses (Bauru/Porto: EDUSC/CEPESE, 2008).

LINK PARA O CURRICULUM LATTES:
http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4723167J4


Grupo de Trabalho Nacional de História Cultural  |  Todos os direitos reservados.