GT Nacional de História Cultural



  

  

  

  

Revista Fenix

Histórico

O GT Nacional de História Cultural da ANPUH, no período de 02 a 05 de setembro de 2002, realizou o I Simpósio Nacional de História Cultural, sediado pela PUC-RS. A conferência de abertura foi feita pelo historiador italiano Carlo Ginzburg. A programação do primeiro Simpósio Nacional foi composta por sessões de comunicações coordenadas, mesas redondas com a participação de convidados estrangeiros: o historiador francês Jacques Leenhardt e a historiadora argentina Sandra Gayol.

Em 2004, entre os dias 13 e 17 de setembro, foi realizado o II Simpósio Nacional de História Cultural, cuja temática central foi “História e Linguagens”. Este Simpósio foi acolhido pela Fundação Casa de Rui Barbosa, no Rio de Janeiro, com o apoio do CPDOC/FGV e da UFRJ. Além de expressivos pesquisadores brasileiros, que participaram de sessões coordenadas e de mesas-redondas, nessa oportunidade, esse evento científico contou com a participação dos pesquisadores Serge Gruzinski (EHESS/Paris), Roger Chartier (EHESS/Paris), Jacques Leenhardt (EHESS/Paris), Chiara Vangelista (Università degli Studi di Torino), Sandra Gayol (UNGS-Conicet) e Frédérique Langue (EHESS/Paris).

Já o III Simpósio Nacional de História Cultural, que teve como tema central “Imagens na História”, ocorreu na UFSC, em Florianópolis, no ano de 2006. Pela primeira vez, o Simpósio adotou a sistemática de minissimpósios, ao invés de sessões de comunicações, ao lado das conferências e das mesas-redondas. Mais uma vez, o evento recebeu calorosa acolhida de pesquisadores brasileiros e contou em sua programação com as seguintes participações internacionais: Sabina Loriga (EHESS/Paris), Jacques Leenhardt (EHESS/Paris), Fernando Catroga (Universidade de Coimbra), Chiara Vangelista (Universidade de Gênova) e Roberto Vecchi (Universidade de Bologna).

Em 2008, por ocasião do IV Simpósio Nacional de História Cultural, foi a vez da Universidade Católica de Goias [UCG], hoje PUC-GO, sediar a edição bianual do encontro científico do GT Nacional de História Cultural. Nessa oportunidade o tema central foi “Sensibilidades e Sociabilidades”. Constituído por conferências de abertura e de encerramento, mesas-redondas, simpósios temáticos, lançamentos de livros e revistas, além de inúmeras atividades culturais, o IV Simpósio Nacional de História Cultural obteve novamente acolhida positiva da comunidade acadêmica que esteve, de maneira significativa, representada em todas as atividades acadêmicas. No âmbito internacional, mais uma vez, o GT Nacional de História Cultural recebeu as contribuições de Jacques Leenhardt (EHESS/Paris), Chiara Vangelista (Universidade de Gênova), além de Rosalina Estrada Arroz (Instituto de Ciencias Sociales y Humanidades – México) e Vitório Cappelli (Università Della Calabria).

Na Universidade de Brasília (UNB), em novembro de 2010, ocorreu o V Simpósio Nacional de História Cultural, cuja temática central foi “Ler e Ver – Paisagens Subjetivas, Paisagens Sociais”. Além de pesquisadores brasileiros, contou com as reflexões de Giovanni Levi [Universidade de Veneza], Chiara Vangelista [Universidade de Gênova], Jacques Leenhardt [EHESS/Paris], Olivier Compagnon [Paris III], Edgard Vidal [CNRS] tanto nas apresentações quanto nos debates acadêmicos.

Grupo de Trabalho Nacional de História Cultural  |  Todos os direitos reservados.